sábado, 25 de março de 2017

Três eleições de continuidade

No último mês houve três clubes em Portugal com eleições: Sporting, Leixões e V. Setúbal.

Nos três clubes históricos, verificou-se a reeleição dos atuais lideres. Em comum, têm o facto de terem pegado no clube quando o nome estava na lama e acumulado de dívidas. No caso do Sporting, Bruno de Carvalho teve que renegociar uma reestruturação financeira para evitar uma insolvência. No caso do Leixões, Duarte Anastácio ficou com a batata quente nas mãos quando Carlos Oliveira foi detido por suspeitas de corrupção com o clube mal reputado e sem dinheiro. Já Fernando Oliveira, também pegou no Vitória quando estava moribundo, sem um tostão furado e deu-lhe alguma estabilidade.

Os próximos deverão ser o Braga e o Gil Vicente. Mas em Barcelos, ninguém que suceder a Fiúsa. O que é que isso significará?

domingo, 19 de março de 2017

Liga NOS - 26ª Jornada

Com o empate do Benfica em P. Ferreira, só se esperava uma coisa do FC Porto: vencer. Em casa, empatou com o V. Setúbal, acusando o excesso de favoritismo e o nervosismo de André Silva. Na luta pela Europa, o Marítimo solidificou o 6º lugar, enquanto o Feirense surpreendeu. No fundo da tabela, tudo na mesma.



 
- P. Ferreira
Discutiu o jogo, olhos nos olhos com o Benfica. Foi premiado com o empate e está cada vez mais perto da permanência. Bom trabalho de Vasco Seabra.

- Nuno Manta
Continua a pintar a manta em Sta Maria da Feira com a permanência conquistada. Luís Machado está em destaque.

- Marítimo
Vitória importante para a luta pela Europa.

- Jorge Simão
Venceu e pode dormir descansado.

- Bas Dost
Mais dois golos que o confirmam como melhor marcador.




- André Silva
Exige-se mais serenidade e acerto de um ponta de lança. Esteve desastrado e prejudicou a equipa. O FC Porto desperdiçou uma grande oportunidade para chegar ao topo.

- Manuel Machado
Mais uma derrota... continua sem vencer.

- Benfica
Empatou perante um adversário complicado. Valeu que o FC Porto não o ultrapassou.

Nuno Manta
 (Feirense)

2ª Liga 16/17: 33ª Jornada

O Portimonense foi derrotado com a única equipa que parece determinada a meter-se nas contas da subida, o Varzim. O D. Aves regressou às vitórias, enquanto o Sporting B continua sua recuperação excecional e está em zona segura. De resto, tudo na mesma.





- Diego Barcellos
O brasileiro marcou um golo que soube a ouro no Varzim. Além de ter sido contra o líder, foi uma prenda para os adeptos poveiros que fizeram largas centenas de km's para apoiar a sua equipa. O Varzim parece mesmo ser a única equipa que se quer intrometer nas contas da subida.

- Jovane Cabral
Um dos melhores do Sporting B a ser decisivo nesta recuperação iniciada pro Luís Martins (grande trabalho!). O Sporting B praticamente garantiu a permanência.

- Gil Vicente
Está a melhorar nestas ultimas jornadas e conseguiu a permanência.






- Académica
Saiu o Marreco e a equipa deixou de ganhar. Em época de reestruturação, a subida ficará para a próxima época.

- Leixões
As jornadas passam e os leixonenses não ganham. Está cada vez mais difícil.

- Olhanense
O futuro está da cor dos equipamentos: cada vez mais negro.

- Famalicão
Demora a conseguir a permanência.

Luis Martins
(Sporting B)

Que contributo trazem as equipas de Manuel Machado?

Este post vai centrar-se sobre o Nacional e o Arouca de Manuel Machado.

Estas duas equipas são candidatas às piores da época 2016/17.
Ambas justificam todos aqueles que defendem a redução do nº de equipas da Liga.

A razão é o nível muito fraco com que se apresentaram frente aos grandes. Diria mesmo inaceitável para o 6º melhor país do Ranking da UEFA. Não dão competitividade nenhuma. Entram em campo já derrotadas, para cumprir calendário...


Curiosamente ambas tiveram o mesmo treinador. Estará Manuel Machado ultrapassado? Se no Nacional, o seu sucessor tem continuado no nível fraquíssimo, no Arouca as coisas são diferentes. Com Lito Vidigal, o Arouca ia à luta e procurava pontos. Como o mercado de Inverno e desde que MM chegou, a equipa está irreconhecível.

A estas duas equipas, no rol das fracas, poderia juntar V. Setúbal e Belenenses, que são outras duas que baixam a crista aos grandes...

Na época passada, a Académica foi exatamente o espelho dessa atitude e acabou relegada para 2ª Liga.

quarta-feira, 15 de março de 2017

2ª Liga 16/17: 32ª Jornada

Que disparate uma jornada à 4ª feira! Nesta jornada, os goleadores picaram praticamente todos o ponto (exceto Luís Barry que anda apagado). Portimonense e D. Aves, mesmo sem os perseguidores jogarem, venceram e estão mais perto da subida. Nos últimos lugares, o Sporting B está a fazer uma recuperação fenomenal, enquanto o Gil Vicente garantiu a permanência e o FC Porto B respira melhor.

Treinador da jornada: Vitor Oliveira (Portimonense)

domingo, 12 de março de 2017

Liga NOS - 25ª Jornada

Não sabemos o resultado do Benfica, mas o FC Porto passou com distinção em Arouca, tal como o Sporting em Tondela. Enquanto os do Minho marcam passo, Iuri Medeiros brilha no Boavista e o Feirense praticamente garantiu a permanência.




- FC Porto
Jogo (demasiado) fácil em Arouca com Tiquinho Soares a tornar a marcar, desta vez dois golos. O brasileiro continua a ser um reforço de Inverno de sonho. Por sua vez André SIlva ficou em branco e Diogo Jota vai somando minutos e golos (e atenção que só tem 20 anos).

- Bas Dost
Marcou 4 golos e não marcou o quinto porque denunciou o lado para onde chutou as grandes penalidades. Porém o destaque da partida vai para o jovem Daniel Pondence. Muito talentoso. No entanto, com a vitória do FCP, de pouco serviu.

- Luís Machado
Entrou no jogo para marcar e garantir praticamente a permanência ao Feirense.

- Iuri Medeiros
Grande jogo frente ao Marítimo. Marcou dois golos e assentiu o terceiro. Está de parabéns.




- Manuel Machado
Que Arouca tão pobre! Pior, está muito à fraca imagem do Nacional da Madeira.

- Jorge Simão
Expulso, com mais um jogo sem vencer. Vale que o Vitória Guimarães também patinou.

- Tondela
Fraca imagem deixada frente ao Sporting. São apenas 4 pontos, mas sem pontos não vai lá.


Nuno Manta
(Feirense)

Sp. Espinho conquista a Taça de Portugal de voleibol

O modesto e depauperado o Sporting Clube de Espinho conquistou a Taça de Portugal de voleibol frente ao "todo poderoso" Benfica. 

Embora ajude, não são os orçamentos que trazem as vitórias, nem as medalhas, mas sim a raça, o querer e a fibra.
O Benfica tem um orçamento muito maior, tem uma máquina de marketing poderosa, mas o Sp. Espinho tem atletas da terra (Miguel Maia à cabeça), que sentem o que é ser vareiro e a raça de vitória. 

Muitos parabéns!

2ª Liga 16/17: 31ª Jornada

O Portimonense está cada vez mais perto da subida, num mix entre mérito próprio e demérito da concorrência. Pires tornou a valer 3 pontos, enquanto o modesto Varzim é o mais recente perseguidor. No fundo da tabela, apenas uma novidade: o Sporting B venceu novamente e deixou a zona perigosa. Noticia para a vitória do Olhanense.

POSITIVO DA JORNADA

- Eficácia do Portimonense
Teve menos chances de golo que o Famalicão, mas o avançado Pires foi mais eficaz e por isso deu a vitória aos algarvios que vêm a subida cada vez mais próxima.

- Leonardo Ruiz
A melhor contratação do Sporting B esta época. O avançado veio do FC Porto B e tornou a marcar, valendo 3 pontos muito importantes na luta pela permanência, ainda para mais sem os jogadores da equipa A e sem Jovane Cabral. Os jogadores mais discretos deram conta da situação. Bilel também marcou.

- Penafiel e U. Madeira
Com as suas vitórias praticamente garantiram a permanência.

- Olhanense
Venceu.

- Varzim
Vitória forasteira que coloca o Varzim na luta pela subida. Ainda vai a tempo.

NEGATIVO DA JORNADA

- Académica
Nova desilusão. Desde que Marreco saiu, que a Académica não tem atinado com os bons resultados. Nem mesmo a jogar contra 10 desde os 7 minutos.

- Freamunde
Derrota caseira inesperada que fez a equipa descer à zona perigosa.

- Rui Quinta
5 jogos sem vencer e não conseguiu manter a boa performance de Ricardo Soares...


TREINADOR DA JORNADA: Vítor Oliveira (Portimonense)

sábado, 11 de março de 2017

Apontamentos - 11 de Março de 2017

- FC Porto com vitória (muito) fácil
O adversário surpreendeu pela falta qualidade que apresentou e o FC Porto conseguiu com muito mérito aproveitar-se. Soares continua revelar-se a perfeição de reforço de Inverno com mais dois golos e caminha para ser o melhor marcador do campeonato. Brahimi assistiu Danilo e Diogo Jota marcou o quarto golo. Já André Silva ficou em branco. Venha a Juventus!

- Arouca vai de mal a pior
O Arouca vai de mal a pior desde Manuel Machado chegou. Ontem parecia uma equipa vulgar, a jogar pouco e mal. Deu razão a todos os defensores de que o campeonato tem equipas a mais. Já o treinador vem confirmar o terrível estereótipo de que os treinadores mais velhos, não têm sucesso (exceção feita a Vítor Oliveira).

- Diogo Dalot, as movimentações dos empresários
Os jornais já começam a ajudar a promoção de Dalot, ao "noticiarem" que os grandes colossos europeus estão atentos ao jovem. O FCP e outros agentes agradecem. No entanto, isto vem reforçar o que já temos dito: porque anda o FC Porto a comprar fora quando tem talento a custo "zero" nos seus escalões de formação?

- Eleições animadas em Setúbal
Numa coisa Fernando Oliveira tem razão: nos momentos difíceis ninguém deu a cara, nem quis assumir o clube. Agora, não faltam candidatos. Não conheço a realidade financeira do Vitória, nem como está a correr o PER, mas a verdade é que não se têm ouvido ondas... e isso é bom! A sua reeleição é extremamente provável.

- Benfica afastado da Champions
Já foi há alguns dias, mas a derrota do Benfica veio expor as fragilidades encarnadas: ganhar ao Arouca e Nacional é fácil. Ter Ederson na baliza foi a salvação na 1ª mão, mas na 2ª, ou havia um "milagre" ou muito desacerto dos alemães. Nem uma coisa, nem outra ...

- Portimonense com campeonato de sonho
A subida está cada vez mais próxima do Algarve. A concorrência não tem feito mossa e o Portimonense vai vencendo categoricamente os seus jogos, com o mestre Vitor Oliveira ao comando. Nova vitória sobre o complicado Famalicão. Pires, o veterano (há sempre goleadores veteranos na equipas de VO) bisou.

domingo, 5 de março de 2017

Liga NOS - 24ª Jornada

Faltam 10 jornadas para o fim do campeonato e a luta pelo título de campeão ficou nesta jornada reduzida a dois: FC Porto e Benfica. Na luta pela descida tudo na mesma.





- Marega

Regressou aos golos e conquistou um empate importante em Alvalade. O Vitória está vivo.
Mas nota para a atitude do Vitória: nunca desistiu. Se todas as equipas fossem assim, o campeonto português seria bem mais interessante.

- FC Porto muito confiante goleia
Quando se ganha por 7-0 o que há a dizer? Elogios pois claro, com André Silva a regressar aos golos e à titularidade. Já Soares continua a ser o reforço de sonho, marcando novamente. Notei que Depoitre não saiu do banco. Sendo um jogador recomendado pelo treinador, porque Nuno não lhe deu minutos? Ontem era um bom jogo para isso.

- Benfica suficiente
Sem Nelson Semedo, nem Rafa, o Benfica teve algumas dificuldades, mas venceu. Isso é que interessa. Pizzi resolveu e Carrillo mostrou mais uma vez que não está num momento de forma e numa equipa que joga para ser campeã, isso é fundamental!

- Muito público na Feira
Em noite chuvosa, muita gente foi à Feira ver o Benfica.


- Marítimo
Isolou-se no 6º lugar rumo à Europa.

- Sp. Braga finalmente venceu
Custou, mas lá veio a vitória, com o trio de reforços ex-Chaves na titularidade: Paulinho, Assis e Battaglia. O Arouca era o adversário ideal para se dar a volta à crise em casa e confirmou-se. Jorge Simão já pode descansar. O miúdo Rui Fonte e o regressado Battaglia marcaram os golos.

- Belenenses
6º jogo sem perder.





 
- Manuel Machado: 3J, 3D
A estatística não podia ser mais negativa. Manuel Machado contraria o estereótipo da maioria dos treinadores do campeonato, pois é da velha guarda. A sua missão é mostrar que a experiência acumulada tem benefícios e justifica o preço mais caro. Porém está a demonstrar precisamente o contrário. Valha os pontos amealhados por Lito Vidigal.

- Tondela
Empate comprometedor em casa. Valeu que toda a concorrência não ganhou.