quinta-feira, 19 de junho de 2008

Portugal 2-3 Alemanha - Eliminação nos 1/4s

Portugal começou bem o Europeu. Muito apoiado pelo público e com boas exibições venceu justamente a Turquia e a República Checa. Contra a Suíça relaxou (até aí nada de mal), perdeu o jogo e contra a Alemanha adormeceu.
A selecção deixou-se levar pelo excesso de optimismo e esqueceu-se que a Alemanha é uma equipa matreira, poderosa e muito forte. O tão aclamado favorito, caiu.
Portugal pecou em duas coisas: falta de eficácia e falta de humildade.
Fomos bons contra as equipas mais fracas, mas contra as mais fortes falhamos.
A nível individual, João Moutinho, Deco e Pepe foram os melhores e os que mais se valorizaram.
Neste jogo especifico, aponto apenas muitas falhas defensivas, o que acabou em 3 golos sofridos.
Contudo, a evolução da selecção tem sido notável. Desde a final do Euro 2004, o Mundial 2006 e até aos quartos do Euro 2008, a selecção impôs-se no panorama das grandes equipas europeias e, muito graças ao Europeu de 2004, conseguiu reunir o apoio da população, o que é importantissimo. Na recente campanha dos sócios da selecção já estão 400.000 inscritos, o que representa 4% (!!!) da população total do país, o que é muito bom.
Com esta eliminação fecha-se um ciclo e não vai ser fácil repeti-lo.

2 comentários:

Anónimo disse...

E ainda por cima desculpam-se com o árbitro. Aquele lance do empurrão sb o Paulo Ferreira é um pouco dúbio, mas não justifica a eliminação de Portugal.
Isso de ser favorito é só teoria. Os vencedores não estão nas bocas, mas no campo.

Fred disse...

Visitem:

http://perigonaarea.blogspot.com/

Interface gráfica renovada e qualidade e regularidade dos posts redobrada.
Todo o desporto, futebol, modalidades, competições, análises, votações, vídeos, talentos, resumos e muito mais,...

Obrigado pela visita!

Parabéns pelo blog e pelo trabalho desenvolvido!